sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Se Eu Fosse Eu

Por Cia. Simples de Teatro


"Inspirada no romance “Uma Aprendizagem ou Livro dos Prazeres” de Clarice Lispector, a peça expõe a iniciação de uma mulher (Lóri) em busca de si mesma. Enfrentando-se e questionando a sua própria natureza, ela experiencia o encontro com o outro (Ulisses), descobrindo o amor. Seguindo o mapa da aprendizagem sugerida por Clarice, a companhia mergulhou em sua própria trajetória desaguando assim num espetáculo que contém, como a vida, um fluxo não linear. São narrativas fragmentadas. Ora os “atores / personagens” são inconscientes, ora despertam para a consciência. A peça não se fecha em uma única linha narrativa, pois entendemos que o espectador completa a trama com sua própria história. Parafraseando Clarice, “nosso porto de chegada são os outros”. Mais do que adaptar a fábula, o espetáculo pretende teatralizar a forma narrativa clariciana, pautada no fluxo livre ou monólogo interior. A narrativa de Clarice Lispector possui profundas ressonâncias com a poética da Cia. Escolhemos a mestra Clarice Lispector por seu fluxo livre, pela palavra-corpo, pela fronteira entre o real imediato e uma profundidade íntima, por seus mistérios, e acima de tudo, porque sabíamos que falar em Clarice sem falar de nós mesmos seria traição. Esse trabalho expõe nossos fragmentos de aprendizagem sobre o universo clariciano, sobre as práticas do ator, sobre nós. O fundamental é que a matriz da criação seja somente o ator e a busca para atingir sua plenitude no instante cênico.
No instante da troca.
No encontro com o outro."


Texto extraído do blog da Cia.: http://ciasimples.blogspot.com/

6 comentários:

  1. Nossa que lindo, Meninas!
    Estou encantadíssima, em êxtase, mas mesmo assistindo três vezes ainda sinto que não compreendi tudo. Que faltam os detalhes.
    Confesso que vocês plantaram a semente e deixaram-me um tanto confusa e curiosa.
    Adoro Clarice! E parando pra pensar, é incrível como as obras dela estão em alta em nossa geração,né? Talvez por se tratar de uma geração mais introspectiva, de sentimentos escondidos nas entrelinhas.

    Esse espaço é fantástico!

    Saudades de vocês,
    Beijão.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou, Cecí! Isso me deixa feliz! Grande beijo e também estou com saudades de ti,
    Ma

    ResponderExcluir
  3. Ki "Uuuaaaauuuu"!
    Vídeoo muito bom, aliás, vindo de Clarice né béim?rs
    Clarice lembra a Dai.rs
    Me lembrei de uma das frases dela que mais gosto:
    "SAudade é como um pouco de fome".
    Lindo tbém neh?

    Bjoooo mininas!
    Tava com saudades de "pentelhar" por aki.hihihi

    ResponderExcluir
  4. Jainy, se isso for pentelhar, pentelhe sempre, por favor! Rsrs!
    Beijos,
    Maísa

    ResponderExcluir
  5. Há!Podexá Maísa!rsrs
    Bjooo!

    ResponderExcluir
  6. Olá querida! agradecida por postar nosso video em seu blog, assim que entrarmos em cartaz novamente aqui em sampa eu aviso!
    Um grande abraço para vc
    Daniela Duarte

    ResponderExcluir

Pesquisar

Seguir por E-mail

Tags

Amizade Amor Lealdade Maísa Bortoletto Fabiana Ribeiro Saudade Carinho Companheirismo Fé Esperança Poesia Poema Literatura Rubem Alves Dor Perdão Felicidade Paz Mário Quintana Regina Volpato Lya Luft Charles Chaplin Coragem Aniversário Camões Música Anos 70 José Saramago Martha Medeiros Elegância Correria Vida Moderna Mulher Pai Mãe Filhos