sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Ele não pesa. Ele é meu irmão.

"A história conta que certa noite, em uma forte nevasca, na sede da entidade, um padre plantonista ouviu alguém bater na porta. Ao abri-la, se deparou com um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo em suas costas um outro menino mais novo. A fome estampada no rosto , o frio e a miséria dos dois comoveram o padre. O sacerdote mandou-os entrar e exclamou :
- Ele deve ser muito pesado!
O que o carregava disse:
- Ele não pesa, ele é meu irmão. (He ain't heavy. He's my brother)
Não eram irmãos de sangue realmente. Eram irmãos da rua. O autor da música soube do caso e se inspirou para compô-la . E da frase fez-se o refrão . Estes dois meninos, foram adotados pela instituição. É algo inspirador nestes dias de falta de solidariedade, violência e egoismo."

(Autor desconhecido)


He ain' t heavy. He's my brother - The Hollies



6 comentários:

  1. Nesse sábado ensolarado, em São Paulo, nada mais gostoso do que se levantar e encontrar um post tão leve.

    Relações humanas. Amor...Amar. Sinceramente, faço questão de regar a vida desse modo e buscar nas pessoas essa chama, mesmo que pareça tão difícil. Isso porque ainda nos dias nublados, a energia quando nos invade é sempre mágica e faz contemplar um sorriso.

    Seja a distância como for, Má e Fabi,saibam que para mim vocês são super especiais!
    Obrigada por todos os momentos de irmãs que já dividimos e não se esqueçam de que estou aqui pro que vier.

    Eu amo vocês ♥

    Beijão,
    Cecí.

    ResponderExcluir
  2. Cecí,

    Esse vídeo me emocionou bastante, pois me fez lembrar de amigos tão queridos que são verdadeiramente meus irmãos, apesar dos percalços da vida.
    Continue sendo essa menina linda e querida. Você também é muito especial!

    Super beijo,

    ResponderExcluir
  3. Faz lembrar dos irmãos que escolhemos. Que ajudam a deixar a caminhada suave só de saber que estão por perto para qualquer coisa.

    Beijos, maninhas. ♥
    Fabi

    ResponderExcluir
  4. Caramba! Que letra linda. Que coisa linda. Que frase, né? Amei!

    Beijos,
    Dai

    ResponderExcluir
  5. Nossa.. nunca iria imaginar que essa era a história desta música!!! Linda!!!

    ResponderExcluir

Pesquisar

Seguir por E-mail

Tags

Amizade Amor Lealdade Maísa Bortoletto Fabiana Ribeiro Saudade Carinho Companheirismo Fé Esperança Poesia Poema Literatura Rubem Alves Dor Perdão Felicidade Paz Mário Quintana Regina Volpato Lya Luft Charles Chaplin Coragem Aniversário Camões Música Anos 70 José Saramago Martha Medeiros Elegância Correria Vida Moderna Mulher Pai Mãe Filhos